terça-feira, janeiro 23, 2007

___


Esta foi a primeira imagem deste blog.
Faz hoje 2 anos.



Edward Hopper, Compartment C, Car 193, 1938

___

26 comentários:

soledade disse...

E parece que foi ontem. Parabéns pelo aniversário. Acho que o Hopper, esta precisa pintura dele, e as fotos a preto e branco, "molhadas", subtis e melancólicas, que então publicavas, foram o que aqui me atraíu primeiro. Em boa hora!
Beijo e longa vida ao gotasdagua!

Eduardo disse...

Parabéns pela data, e que dure muitos, e muitos anos, com esta mesma qualidade.

heitor disse...

Parabéns pelo aniversário. Ter começado pelo Hopper é, para mim, todo um manifesto. Poucos como ele pintaram a irremediável (?)condição da vida como aventura solitária, essa demanda sem fim, à espera de qualquer coisa que parece sempre adiada. A mulher sentada, lendo (ou folheando apenas, entregue aos seus pensamentos?),solitária, um comboio rasgando a noite, uma sensação de desconforto e inquietude e ao mesmo tempo de serenidade.
Hopper é fabuloso, não é verdade?!

Luísa R. disse...

Obrigada, Soledade :O)

Eu sei que também gostas muito desta pintura.
Quando eu a tirava da imagem do meu perfil, eras a primeira a notar e a «resmungar» :)
E eu respondia que seria sempre uma mudança momentânea, que a pintura iria sempre voltar.

Quanto ao blog, além da natural partilha com os outros dos nossos afectos e interesses, faz-me reflectir acerca do porquê da escolha de determinada imagem ou texto, acerca do gosto e do entendimento.
E, com o tempo, o conjunto do blog, e de qualquer blog, ganha uma identidade própria, uma coerência, uma leitura que é também um auto-retrato. E, aos poucos, vamos nos apercebendo disso. E vamos aprendendo um pouco mais acerca de nós próprios e acerca dos outros.

Também por isto, e por outras conversas que já tivemos, desejo igualmente uma longa vida ao Nocturno com gatos :)

Beijo

Luísa R. disse...

Eduardo,

Obrigada pelas suas palavras :)

Luísa R. disse...

Heitor,
Acerca da «irremediável(?) condição de vida como aventura solitária»...
penso que viajando sós ou acompanhados nesta vida, estaremos sempre, de qualquer forma, sós connosco próprios. Acho que a solidão é inerente, é inalienável da própria vida.
Eu tirava o ponto de interrogação...
:)

Quanto às tuas restantes palavras: desde o manifesto, passando pela solidão, desconforto, inquietude, e acabando na serenidade, já sabes que faço minhas as tuas palavras. Como sempre :)

Hopper é fabuloso. É verdade.

Sonia disse...

Parabéns pelo blog Aniversário!
Foi ótimo ter descoberto você!
Edward Hopper é também um dos meus preferidos. Já fiz um post com ele, se tiver tempo, dê uma espiada:
http://leavesgrass.blogspot.com/2006/04/edward-hopper.html
Abraços!

Lis disse...

Parabéns! Está tudo tão bonito, por aqui!

parole disse...

Parabéns! Que a beleza perdure no teu e no nosso tempo. Obrigada por todos momentos partilhados connosco aqui.

intruso disse...

Parabéns!
:)


[Hopper... o pintor da concentração, do interior/exterior, do momento, da tensão...]


bjs

João Carvalho disse...

2 anos... Livra! Isso é que é mesmo dedicação! Eu bem sei o que custa manter vivo 1 blog durante 1 simples mês!

Mas ao ter escolhido HOPPER como 1ª, e agora última, imagem creio compreender. Uma relação fotográfica do quotodiano... A fotografia que cristaliza 1 momento... Uma pintura revelada? Uma foto trabalhada?

Parabéns pelos tais 24 meses!

:)

Anónimo disse...

Gosto muito de ti gotadagua e esta linda no retrato do Hopper,muitos muitos (K) para ti.
(Não estou a conseguir publicar aiiiiiiiii)
claire

Pequena Lontra disse...

:D

Luísa R. disse...

Olá Sónia,
Obrigada pelos parabéns :O)
Também gostei muito de ter descoberto os seus blogs.
Fui ver o seu post sobre o Hopper. Uma óptima selecção de obras.
Abraços!

Luísa R. disse...

Lis, Intruso e Parole,

Obrigada pelos parabéns :O)
Vocês também sabem que gosto muito de vos visitar.
Bjs

Luísa R. disse...

João,
Obrigada :o)

Luísa R. disse...

Claire,
Também gosto muito de ti :O)

Luísa R. disse...

Pequena Lontra,
Olá :O)

isabel disse...

Parabéns!
Com este blog iniciei uma nova actividade na vida :)) E conheci Hopper tb, o meu pintor preferido.

Continua...sempre

Bj grande

Petronius disse...

Já lhe dei meu corpo, minha alegria
Já estanquei meu sangue quando fervia
Olha a voz que me resta
Olha a veia que salta
Olha a gota que falta pro desfecho da festa
Por favor
Deixe em paz meu coração
Que ele é um pote até aqui de mágoa
E qualquer desatenção, faça não

Pode ser a gota d'água

Deixe em paz meu coração
Que ele é um pote até aqui de mágoa
E qualquer desatenção, faça não

Pode ser a gota d'água

Já lhe dei meu corpo, minha alegria
Já estanquei meu sangue quando fervia
Olha a voz que me resta
Olha a veia que salta
Olha a gota que falta pro desfecho da festa
Por favor
Deixe em paz meu coração
Que ele é um pote até aqui de mágoa
E qualquer desatenção, faça não

Pode ser a gota d'água

Pode ser a gota d'água

roteia disse...

Porque o meu trabalho ultimamente quase não me deixa tempo para visitar os sítios de que mais gosto, só agora, Luísa, descobri o aniversário do Gotasdágua. Mesmo assim, apesar deste atraso, aqui ficam os meus parabéns (dois anos é obra!). Longa vida, com Hopper!
Abraços.

Luísa R. disse...

Olá Petronius,

Há quanto tempo não comentavas por aqui...

Obrigada pelo poema. Gostei muito.

Embora o nome «gotasdagua» não tenha a ver com o «Gota d'Água» do Chico Buarque :o)

Escolhi «gotasdagua» por ser só mais um blog em milhões e milhões de blogs (tipo gota d'água no oceano...)

Continuo atenta ao teu «Árbitro das Elegâncias» :o)

Luísa R. disse...

Roteia, obrigada.
O Ultraperiférico também é dos sítios que mais gosto.
Quanto à falta de tempo pelo muito trabalho... por aqui, as coisas também estão assim :o)
Abraços.

Luísa R. disse...

Isabel,
Foi com este blog que tiveste a ideia para a tua nova actividade? Pôssa! :O)
E também fico contente por te ter apresentado o Hopper e que ele se tenha tornado o teu pintor preferido.
Bj grande, amiga.

Paulo Ribeiro disse...

Bem me parecia que esta era repetida. ;) Parabéns!

Luísa R. disse...

Paulo, obrigada :o)