sábado, abril 07, 2007

Mark Rothko


(música: Icct Hedral, composta por Aphex Twin, numa orquestração de Philip Glass)

Via Estado Civil (Pedro Mexia)

___

5 comentários:

juno disse...

fantastico!
x

soledade disse...

É de facto espantoso. Fascina e esmaga-nos!

verde disse...

Fabuloso! Parabéns pelo blog. Nem sei como cá vim ter, mas gostei muito!

Luísa R. disse...

Juno e Soledade,

Pois é...
A obra do Mark Rothko é muito especial...
A mim, também me diz muito.
E quanto à música escolhida, é espectacular.

Bjs

Luísa R. disse...

Verde,

Obrigada e bem vindo :o)